Sempre morei em casa. Quintal grande, árvores...E foi assim, que numa manhã de domingo, encontrei um anuncio da venda de lotes aqui na minha região. Eu já tinha olhado vários, mas nenhum me agradou. O corretor se prontificou a me levar no local e então fui, sem acreditar muito. Chegando, desci do carro, senti o vento daquele lugar e o encanto tomou conta de mim.Naquele momento eu soube que era ali que passaríamos o resto de nossas vidas...

sábado, 30 de agosto de 2008

" Aquele que perde um telhado ganha as estrelas!!! "

Fiz tantas coisas nesta semana que nem sei por onde começar a contar!
Muitas decisões e uma em especial que mais uma vez mexeu muito comigo: O telhado.
O telhadeiro esteve na obra nesta semana para fazer o orçamento do mesmo. Foi difícil, viu? Ficou em torno de R$6.000,00! Isso porque minha casa é pequenina, pois no início da semana ouvi um relato de um querido amigo e seu telhado de R$20.000!
Sabe, no momento não poderei fazer o mesmo, mas o bonito desta vida é que nada fica sem solução se a gente for flexível. Então, Joel e eu decidimos por um telhado alternativo, para que a gente possa economizar e terminar casa ao máximo por dentro.
Comprei também todo o material elétrico e o que mais me encantou, o acabamento da cozinha e banheiro. Tentei economizar. Tinha colocado a meta de gastar no máximo R$2.000,00, mas me esqueci de argamassas, rejuntes, parafusos, torneiras e etc... Como poderia deixar de comprá-los, né? Fiquei exatamente quatro horas na loja com o vendedor. Só comprei o que estava em oferta. Havia chegado lá com o propósito de baixar ainda mais os meus custos. Na realidade resolvi gastar só R$1.500,00. Como sou inocente! Gastei ao todo R$2.202,00. Imagina se eu não tivesse economizado? O piso foi uma ponta de estoque, o gabinete do banheiro foi a ultima peça da loja... Mas olha, nem eu acreditei no tanto que vai ficar bonito! Pelo menos isso valeu. Não terei que reformar depois.
Bom, voltei para casa feliz, mas sobressaltada, pois ao passar na obra tive que gastar mais um pouco. Passei na casa da minha mãe para contar as novidades, mas meu coração no fundo estava cheio de temor. Pensava: Preciso acabar minha casinha! Como será Deus?
Hum! A vida nos dá lições o tempo todo. Quando conversávamos, o telefone tocou e recebemos uma notícia: O filho de uma amiga havia falecido. Fiquei impressionada! A pouco mais de dois meses, havíamos orado por ele no grupo de oração que freqüentamos as quintas-feiras. Estava com um resfriado. Na semana seguinte soubemos que era pneumonia. Um dia, durante o culto na casa do mesmo, eu vi aquele rapaz bonito, com apenas 29 anos emagrecendo inexplicavelmente. Já tinha perdido dez quilos. Oramos mais uma vez. Ele era filho único de uma amiga. Tinha acabado de se formar em ciências contábeis e me lembro de sua mãe muito feliz no ano passado quando marcava na igreja a formatura para outubro... No início do mês foi para o hospital com o diagnóstico de lupus, entrou em coma e faleceu na ultima quarta.
Sabe, tudo que nos preocupa perde o sentido nesta hora. Problemas se o meu telhado será de amianto!!!Deus tem me dado a graça de viver para trabalhar e mais tarde realizar meus sonhos. E também qual o problema se esse for definitivamente o meu telhado? Isso não importa, sabe? O sorriso é o que importa! A saúde, as saíras e tucanos que vejo lá nas árvores, a paz que tenho no meu lar. Isso é o que conta. Tudo isso me trouxe muita reflexão.
Pensei em sair da rotina nesta semana, fazer algo diferente, mas com a grana contada decidi por aquilo que não faço a tempos: Vi no armário vários ingredientes um tanto quanto esquecidos e resolvi transformá-los em quitanda ! Isso mesmo: fui para a cozinha! Deliciosas broinhas de fubá foram o nosso café de hoje a tarde. Joel comeu com gosto!
Olha, por conta de tudo isso, conheci nesta semana as telhas ecológicas. Maravilhosas! Sr. João me disse que ficariam lindas com as peças roliças.Sonho antigo, né? É por isso que aquele lindo ditado popular é a mais pura verdade: “ Aquele que perde um telhado, ganha as estrelas!”.

2 comentários:

Irene 12 de janeiro de 2009 13:57  

Olá,tudo bem??? Li seu post por acaso, mas fiqueiinteressada em saber sobre as telhas ecológicas, vc gostou? Não as conheço, mas queria usar na minha casa... Obrigadam, abraços!!!

Ir

Etiene Oliveira 13 de janeiro de 2009 09:09  

Oi Irene.
Sabe construção como é, né? Dinheiro tem que brotar de todos os lados e nem sempre é assim...
Olha, eu já me mudei e ainda não fiz o telhado definitivo. Fiz um provisório de amianto, só para mudar e sair do aluguel. Com tudo isso, estou podendo pesquisar mais sobre o telhado, que sempre foi o meu grande sofrimento desta construção.Minha casa tem uma parte, na sala, que o pé direito é muito alto e o telhado é aparente, por isso penso demais neste telhado. Quanto as telhas ecológicas, são maravilhosas mesmo e por conta da sua matéria prima e peso a estrutura fica bem mais em conta.Aqui em BH, encontrei com preço entre R$25,00 e R$27,00 cada. Eu vi, no programa Domingo Legal, no quadro construindo um sonho, que todas as casas reformadas, estas telhas estão sendo usadas. Com certeza, se não houver problemas por causa do meu telhado aparente, vou usá-las sim. Vou te deixar o site para dar uma olhada. Abraços!
http://www.onduline.com.br/

Tecnologia do Blogger.

  © Blogger template 'Personal Blog' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP