Sempre morei em casa. Quintal grande, árvores...E foi assim, que numa manhã de domingo, encontrei um anuncio da venda de lotes aqui na minha região. Eu já tinha olhado vários, mas nenhum me agradou. O corretor se prontificou a me levar no local e então fui, sem acreditar muito. Chegando, desci do carro, senti o vento daquele lugar e o encanto tomou conta de mim.Naquele momento eu soube que era ali que passaríamos o resto de nossas vidas...

domingo, 20 de setembro de 2009

" Não sei por porque você se foi, quantas saudades eu senti..."

É sempre assim quando eu trabalho: Desapareço! Também, que dia nesta vida vou ter um trabalho que seja normal? Já desisti disso! Bom, mas para não deixar o blog muito desatualizado, informo que estou fazendo uma experiência com o 1º Ato Grupo de Dança, como Auxiliar de Produção. Ajudo minha coordenadora, Regina Moura, que também é minha amiga e que me convidou para o cargo, nas funções , sem as quais o espetáculo não pode acontecer. Tem a parte burocrática, no escritório, e a parte bem prática, que já acontece quando o grupo chega ao teatro para se apresentar. Depois de tudo organizado assisto o espetáculo, que é claro, é sempre lindo!
Comecei no início desta semana onde o Grupo está se apresentando no Sesi de Contagem a remontagem do espetáculo " Isso Aqui Não é Gotham city". Quando tem espetáculo em cartaz , geralmente final de semana, a gente trabalha. Por isso mesmo, desde quinta-feira estou indo para o teatro e só chego em casa por volta de meia noite! Mas é legal e a gente aprende muito, além da área cultural ser muito interessante.
Bom, vamos ver no que isso vai dar, pois já ando um pouco cansada de criar expectativas com as coisas e principalmente com as referentes a trabalho. Vou deixar o tempo rolar...
Me falaram ontem que, quem trabalha com produção de espetáculos não tem tempo para comer, dormir, não tem direito de adoecer ou ir ao médico. Minha coordenadora me disse que nem para fazer uma comida terei mais tempo.Bom né?Maravilha...
Ah! tenho que ir gente, pois hoje tem espetáculo e já tenho que me preparar. Beijos queridos!
Isso Aqui Não é Gotham City- Grupo de Dança primeito Ato


domingo, 13 de setembro de 2009

Um dia de muitas emoções...

A ultima quinta feira foi um dia especial para mim.
Comecei o dia chegando à ONG às 7:30h acompanhando minha vizinha Fátima ,que levaria sua cadela Lindinha para procedimento de castração. Como lá não falta serviço, comecei a ajudar a Emília com o serviço e logo decidi ficar. Foi ótimo, pois a companhia dos pequenos e indefesos bichinhos me alegra e protege o meu humor!
Primeiro, quando eles chegam com os donos, recebem um calmante para baixar a agitação , pois para dar sequência com a cirurgia, é necessário pegar uma veia, onde será aplicada a anestesia geral e o soro. Quando já estão completamente adormecidos, o local é depilado com máquina, feita assepsia com degermante e alcool e então seguem para a castração que leva em torno de apenas vinte minutos. Feita a cirurgia, que é muito simples , apenas um furinho na barriga no caso das cadelas, vão para uma outra sala onde são observados até acordar e onde continuam recebendo o soro.
Tentei tirar algumas fotos, mas é como sempre digo, imagem de celular não presta! Queria postar mais fotos , mas não ficaram sequer apresentáveis. Por este motivo, mostro apenas uma, que também está ruim. Na foto abaixo, apresento-lhes Lessie. Ela chegou bem fraquinha e então a veterinária descobriu que está com uma doença chamada babésia , que é transmitida pelo carrapato. O parasita (babésia) infecta os glóbulos vermelhos do sangue, local onde se multiplica. Há rompimento desses glóbulos ( momento em que ocorre febre), e os parasitas vão se alojar em novas células e assim por diante. A destruição de um grande número de células vermelhas vai causar anemia. Assim, um cão doente irá apresentar sinais clínicos como perda de apetite, desânimo, letargia, icterícia ou palidez nas mucosas.
Mas graças a Deus, Lessie terá uma chance de vida, pois agora já recebe o tratamento adequado. Só não entendo como os donos conseguem ser tão omissos ! Na foto, ela parece uma linda cadela, mas estava infestada de pulgas, suja e com os sintomas que relatei. Ela perdeu mais sangue do que o normal durante a cirurgia. Por mais este motivo, a doença foi detectada.
Lessie aguardando sua vez...

Bom, eu já tinha falado do Batutinha na postagem anterior. Essa foto abaixo, é a única que consegui fazer e ele mesmo quase não apreceu! Na última quinta ele foi embora! Tive que entregá-lo para adoção com o coração partido. A gente se apega ao bichinho, mas foi melhor para ele. Depois de algumas tentativas de arrumar um dono por perto, para que eu pudesse acompanhá-lo, quem ficou com ele foi a Rosi, antiga dona da Tiara ( Menina). Na realidade o tempo todo eu quis que fosse ela. Foi muito bom, pois, eu sei que esta família dará todo amor que ele merece. Ela me disse que ele já tinha até uma caminha para dormir! Creio que os garotos ficarão felizes com um novo e meigo cãozinho.
Outra coisa boa nisto tudo, é que a Rosi pôde rever a Tiara e vi que ela se emocionou. Para falar a verdade, a Tiara também, pois os cães têm muita sensibilidade para saber de tudo que acontece em sua volta. A gente percebeu que ela reconheceu a sua antiga dona e eu fiquei muito feliz com o reencontro.
A noite, senti falta de meu amiguinho e percebi que a Tiara também, pois havia algo de saudade no olhar dela. Percebi sua inquietação ao andar pelo quintal procurando por algo e vi que ela também já havia se acostumado com aquele minúsculo amiguinho que a atormentou com brincadeiras por uma semana. Vamos sentir sua falta Batutinha...
Eu e Batutinha

Rosi, que é muito linda e Tiara, que é o nome verdadeiro da Menina!



Se emocionar, chorar, conquistar, abrir mão de vez em quando, amar, se assustar com as coincidências, perder...Tudo isso e muito mais, faz parte daquilo que chamamos viver. Essas coisas nos marcam e trabalham nosso coração para sermos melhores.
Digo isso porque, é atraves destas pequenas coisas que Deus tem tocado na minha vida e me feito acreditar que dias melhores virão e que Ele está no controle de todas as coisas. Todas essas coisas também, trazem ao meu coração a certeza de tudo àquilo que Ele promete em sua palavra: Novos Céus e nova terra. O dia em que todo o universo será renovado e para falar a verdade, o dia que eu espero com ansiedade!

"..E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus.
E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.
E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis.
E disse-me mais: Está cumprido. Eu sou o Alfa e o Omega, o princípio e o fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida.
Quem vencer, herdará todas as coisas; e eu serei seu Deus, e ele será meu filho..."

"...E mostrou-me o rio puro da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro.
No meio da sua praça, e de um e de outro lado do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a saúde das nações.
E ali nunca mais haverá maldição contra alguém; e nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus servos o servirão.
E verão o seu rosto, e nas suas testas estará o seu nome.
E ali não haverá mais noite, e não necessitarão de lâmpada nem de luz do sol, porque o Senhor Deus os ilumina; e reinarão para todo o sempre..."
Apocalipse 21: 1-7 e 22:1-5



terça-feira, 8 de setembro de 2009

" Olhe bem no fundo dos olhos de um animal e por um momento troque de lugar com ele. A vida dele se tornará tão preciosa quanto a sua e você se tornará tão vulnerável quanto ele!"

video

Agradecimentos especiais :

Alexandre: Minha maravilhosa calopsita

Tiara ( Menina) : Minha cadela adotada, meu amor...

Batutinha : Um pequenino poodle que resgatei nas ruas ha sete dias, mas por quem meu coração também já se enamorou.

Obrigada a vocês, meus queridos e carinhosos amigos...

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Feriadão...

Final de semana de feriado. Fiz muitas coisas. Ainda bem, pois é melhor do que ficar com a cabeça vazia pensando em nada!
Comecei meu sábado indo à ONG para ajudar cuidar dos bichinhos. Eles são lindos! Não importa se têm raça ou não. São mais bonitos que os donos, que quase sempre os deixam ficar bem doentes até terem a boa vontade de levá-los ao médico. Não entendo: Tudo de graça e nem assim o povo se anima! Os bichinhos são extremanente bem tratados. Lá, o tratamento é de primeira e se há algum caso grave, vira é prioridade. Sabem o que pensei? Estou até pensando em começar a latir para ver se consigo fazer uma ficha lá. Quem é o SUS para ter tanto respeito e amor assim pela gente? Fico feliz de verdade. Os bichinhos são tão puros e sofrem tanto nas mãos de pessoas inescropulosas.
Eu estou aqui em casa com um pequenino que tenho chamado de " Batutinha". Resgatei-o na ultima quinta-feira, depois de ele quase ser esmagado por um carro. É minúsculo. Um poodle preto, micro. Parece até um filhote, mas já deve ter mais ou menos um ano e meio. Novamente fico pensando no que deve passar na cabeça deste animalzinho e o porque estava nas ruas. Ele é muito doce, obediente. Estava todo embolado com folhas, e cheio de poeira. Então dei logo um banho para aliviar o pobrezinho e comida. Mas está fraquinho, por conta dos dias na rua. Levei-o comigo no sábado e então foi medicado com vitaminas, porque no mais está muito bem! Graças a Deus!
Minha vontade é ficar com ele, mas não posso! Meu coração vai cortar, pois não tem nada melhor neste mundo do que bicho adotado. A relação que eles têm com a gente é diferente.É mais intensa. Parece que eles entendem o que aconteceu e o que você fez por eles.
Mas já tenho a Tiara ( Menina), que faz tratamento diário e se tornou um cão com resistência baixa que exige muitos cuidados. Não tenho ainda fotos do cãozinho por conta de não ter câmera. Mas vou tirar antes de entregá-lo ao dono definitivo. Sabem, na realidade acho que ele não é um caso de abandono, mas acho que fugiu e se perdeu! Se for esse o caso, ficaria imensamente feliz em devolvê-lo!
Bom, no sábado á tarde, fui a um café para mulheres na casa da Simone. Algo já sonhado ha tempos. Os encontros acontecerão uma vez ao mês e servirá para falarmos de coisas da nossa alma feminina. Um tempo para nós numa grande mesa redonda onde todas são iguais! Não foi muita gente. Rimos bastante, pois as minhas convidadas todas desmarcaram meio que encima da hora e as da Simone nem avisaram que não iam. Aprendemos a lição: Nó próximo convidaremos umas dez, cada uma de nós, para ver se pelo menos uma vai!
Esse bolo aí fui eu quem fiz. Chocolate, morangos e chantilly!




A galera reunida! As convidadas até ganharam flores!




No domingo, fui almoçar na Ju. estamos todos muito felizes por ela e Guilherme, pois eles esperam um bebê. Foi um almoço agradável regado por colocações engraçadíssimas do Sr. Eni, pai das meninas. Como sempre, né? Eu acho é muito engraçado a cara da D. Helena, quando ele solta as dele. Eu fico me lembrando e rindo por vários dias!

Bom , depois Ju me deu uma carona até em casa e também D. helena estava muitíssimo curiosa para ver o "Residencial Trevo", em frente a nossa casa! Bom, só falta mesmo alguns tratores para retirarem uns lixos acumulados e a meu ver uns litros de gasolina e um palito de fósforo aceso, para acabar de vez com uns mosquitos e vermes que ainda persistem no terreno!
Enquanto D. Helena apreciava a paisagem, Sr. Norberto me incentivou a dar uma voltinha na sua linda égua. Ai gente, sou completamente maravilhada com cavalos e ainda terei um nesta vida!
Obs: usei um recurso do Photoshop nesta foto , mas não ficou bom, pois não sei mexer direito. depois melhora!


Olha só que meiga a Girafa! Este é o nome da égua! Ela é grande mesmo, pois quase não consegui montar!


Hoje, no feriado de sete de setembro, fui com Mônica na casa da Nice, para visitarmos D. Helena, que se recupera de uma cirurgia. Foi muito bom, pois percebemos que ela está bem. Tomamos um gostoso café lá feito com muito carinho! Antes, Mônica subiu numa escada e pegou pitanga no pé para comermos e ficamos observando uma explosão de beleza da natureza: As orquídeas de D. Helena. Rimos novamente do Sr. Eni, contamos histórias, e voltando para casa, observamos o final do dia em forma de uma bonita tarde. Ah, como é bom caminhar! Estamos até planejando fazer no próximo ano, em julho, o Caminho da Luz. Uma peregrinação que começa na cidade de Tombos e termina no Pico da Bandeira. Cento e noventa e cinco quilómetros de caminhada divididos em oito dias de aventura!
Não tenho fotos do dia de hoje, pois com essa coisa de ter ficado sem minha câmera dificulta um pouco. Bom, mas o importante é que fiz bastante coisas neste final de semana. E também porque assim como nos lembrou meu amigo Gleissinho agora no início da noite: " A fila anda..."
Beijo a todos!


sábado, 5 de setembro de 2009

Cansada...

Hum...Eu tinha algumas coisas para dizer, mas de repente fiquei muito cansada.

Bom, preferi então ler um pouco e encontrei esta poesia no blog Palavras Simples e resolvi fazer deste poema o meu desabafo.
Tantas coisas têm me deixado extremamente cansada. Nenhuma delas são fruto de minhas escolhas e sim como algo que foi atirado em direção a minha janela e que cai bem no meio da minha sala! Quando vejo já está lá! As vezes quebram as vidraças, noutras, a janela está aberta para que o sol entre e mais uma vez aquilo é lançado para mim.
O fato, é que não sei o que vou fazer com tantas pedras. Umas , trazem tanta decepção a minha alma, outras, desânimo... Queria uma que se chamasse esperança!
Ah, deixa pra lá, pois hoje escolhi a alma de outra pessoas para falar por mim. Eis a poesia:


Quero Esquecer

Quero esquecer o mundo,
A vida,
A sociedade,
O desejo,
A maldade,
A loucura,
O encanto,
As pessoas,
O amor…
Quero-me sentar,
Num qualquer lugar,
Perdido no universo,
Sorrir por tudo,
E por nada voltar a sorrir…
Esquecer a lágrima angustiada,
Que corre pelo rosto
Perdido num olhar infinito
De um mar,
De um oceano de dor,
E dos lábios trémulos
Esboçar um sorriso quente,
Alegre e sem magoa…
Quero esquecer a dor
Que sinto no meu peito,
Transforma-la numa pagina,
Ainda por escrever,
Num sentimento profundo,
De um céu azul
Em dia de primavera…
Quero saltar a vedação,
E correr pelo prado verde
De um futuro por descobrir…

Tecnologia do Blogger.

  © Blogger template 'Personal Blog' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP