Sempre morei em casa. Quintal grande, árvores...E foi assim, que numa manhã de domingo, encontrei um anuncio da venda de lotes aqui na minha região. Eu já tinha olhado vários, mas nenhum me agradou. O corretor se prontificou a me levar no local e então fui, sem acreditar muito. Chegando, desci do carro, senti o vento daquele lugar e o encanto tomou conta de mim.Naquele momento eu soube que era ali que passaríamos o resto de nossas vidas...

domingo, 13 de setembro de 2009

Um dia de muitas emoções...

A ultima quinta feira foi um dia especial para mim.
Comecei o dia chegando à ONG às 7:30h acompanhando minha vizinha Fátima ,que levaria sua cadela Lindinha para procedimento de castração. Como lá não falta serviço, comecei a ajudar a Emília com o serviço e logo decidi ficar. Foi ótimo, pois a companhia dos pequenos e indefesos bichinhos me alegra e protege o meu humor!
Primeiro, quando eles chegam com os donos, recebem um calmante para baixar a agitação , pois para dar sequência com a cirurgia, é necessário pegar uma veia, onde será aplicada a anestesia geral e o soro. Quando já estão completamente adormecidos, o local é depilado com máquina, feita assepsia com degermante e alcool e então seguem para a castração que leva em torno de apenas vinte minutos. Feita a cirurgia, que é muito simples , apenas um furinho na barriga no caso das cadelas, vão para uma outra sala onde são observados até acordar e onde continuam recebendo o soro.
Tentei tirar algumas fotos, mas é como sempre digo, imagem de celular não presta! Queria postar mais fotos , mas não ficaram sequer apresentáveis. Por este motivo, mostro apenas uma, que também está ruim. Na foto abaixo, apresento-lhes Lessie. Ela chegou bem fraquinha e então a veterinária descobriu que está com uma doença chamada babésia , que é transmitida pelo carrapato. O parasita (babésia) infecta os glóbulos vermelhos do sangue, local onde se multiplica. Há rompimento desses glóbulos ( momento em que ocorre febre), e os parasitas vão se alojar em novas células e assim por diante. A destruição de um grande número de células vermelhas vai causar anemia. Assim, um cão doente irá apresentar sinais clínicos como perda de apetite, desânimo, letargia, icterícia ou palidez nas mucosas.
Mas graças a Deus, Lessie terá uma chance de vida, pois agora já recebe o tratamento adequado. Só não entendo como os donos conseguem ser tão omissos ! Na foto, ela parece uma linda cadela, mas estava infestada de pulgas, suja e com os sintomas que relatei. Ela perdeu mais sangue do que o normal durante a cirurgia. Por mais este motivo, a doença foi detectada.
Lessie aguardando sua vez...

Bom, eu já tinha falado do Batutinha na postagem anterior. Essa foto abaixo, é a única que consegui fazer e ele mesmo quase não apreceu! Na última quinta ele foi embora! Tive que entregá-lo para adoção com o coração partido. A gente se apega ao bichinho, mas foi melhor para ele. Depois de algumas tentativas de arrumar um dono por perto, para que eu pudesse acompanhá-lo, quem ficou com ele foi a Rosi, antiga dona da Tiara ( Menina). Na realidade o tempo todo eu quis que fosse ela. Foi muito bom, pois, eu sei que esta família dará todo amor que ele merece. Ela me disse que ele já tinha até uma caminha para dormir! Creio que os garotos ficarão felizes com um novo e meigo cãozinho.
Outra coisa boa nisto tudo, é que a Rosi pôde rever a Tiara e vi que ela se emocionou. Para falar a verdade, a Tiara também, pois os cães têm muita sensibilidade para saber de tudo que acontece em sua volta. A gente percebeu que ela reconheceu a sua antiga dona e eu fiquei muito feliz com o reencontro.
A noite, senti falta de meu amiguinho e percebi que a Tiara também, pois havia algo de saudade no olhar dela. Percebi sua inquietação ao andar pelo quintal procurando por algo e vi que ela também já havia se acostumado com aquele minúsculo amiguinho que a atormentou com brincadeiras por uma semana. Vamos sentir sua falta Batutinha...
Eu e Batutinha

Rosi, que é muito linda e Tiara, que é o nome verdadeiro da Menina!



Se emocionar, chorar, conquistar, abrir mão de vez em quando, amar, se assustar com as coincidências, perder...Tudo isso e muito mais, faz parte daquilo que chamamos viver. Essas coisas nos marcam e trabalham nosso coração para sermos melhores.
Digo isso porque, é atraves destas pequenas coisas que Deus tem tocado na minha vida e me feito acreditar que dias melhores virão e que Ele está no controle de todas as coisas. Todas essas coisas também, trazem ao meu coração a certeza de tudo àquilo que Ele promete em sua palavra: Novos Céus e nova terra. O dia em que todo o universo será renovado e para falar a verdade, o dia que eu espero com ansiedade!

"..E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus.
E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.
E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis.
E disse-me mais: Está cumprido. Eu sou o Alfa e o Omega, o princípio e o fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida.
Quem vencer, herdará todas as coisas; e eu serei seu Deus, e ele será meu filho..."

"...E mostrou-me o rio puro da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro.
No meio da sua praça, e de um e de outro lado do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a saúde das nações.
E ali nunca mais haverá maldição contra alguém; e nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus servos o servirão.
E verão o seu rosto, e nas suas testas estará o seu nome.
E ali não haverá mais noite, e não necessitarão de lâmpada nem de luz do sol, porque o Senhor Deus os ilumina; e reinarão para todo o sempre..."
Apocalipse 21: 1-7 e 22:1-5



2 comentários:

Joel Francischetti 14 de setembro de 2009 18:50  

Também sentí falta do batutinha... Já tinha me acostumado com aquele pretinho indo e vindo dentro de cvasa...

Thaís Oliviera 21 de setembro de 2009 14:49  

Adorei a foto do batutinha. Seu trabalho é muito bonito!
Parabéns.

Tecnologia do Blogger.

  © Blogger template 'Personal Blog' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP