Sempre morei em casa. Quintal grande, árvores...E foi assim, que numa manhã de domingo, encontrei um anuncio da venda de lotes aqui na minha região. Eu já tinha olhado vários, mas nenhum me agradou. O corretor se prontificou a me levar no local e então fui, sem acreditar muito. Chegando, desci do carro, senti o vento daquele lugar e o encanto tomou conta de mim.Naquele momento eu soube que era ali que passaríamos o resto de nossas vidas...

terça-feira, 24 de março de 2009

Devaneios...

Eu acho que estou cansada. Muito cansada...Cansada de que? Sei lá! Às vezes eu me pego falando sozinha esta frase enquanto administro meu dia e responsabilidades. Mas pensando bem, o ritmo imposto deste mundo é que me cansa. Para que tudo isso? Hoje, infelizmente eu me percebo uma pessoa na aparência diferente do que sou por dentro. A exigência desta vida, vida programada, pensada, articulada, está tirando o que eu tenho de melhor. Tenho medo de perder meu referencial. Aquilo que me toca a respeito do “Ser” ao invés do “Ter”.Até hoje, eu escolhi ser uma pessoa de valores interiores mais substanciais . Buscar aquilo que realmente pode fazer diferencial na vida, que são os aprendizados internalizados ao longo das experiências e acontecimentos vividos. Mas tem algo como que me empurrando e me apertando e isso vem de todos os lados!Neste momento, na minha vida, estou navegando entre uma coisa e outra, mas sem saber direito qual é o meu verdadeiro lugar. Mas sabe, não estou estressada, nem em depressão, aliás, estou farta deste mundo onde quase todo mundo toma calmantes e gasta pacotes de dinheiro em psicólogos. Não tenho nada contra os mesmos, mas até hoje nunca soube de ninguém que se resolveu com isso. É como os próprios profissionais dizem: “Não tem cura, só controle.” É isso que dá carregar aquilo que não nos pertence. E isso é o meu medo. Não, eu não vou deixar que isso aconteça comigo. Eu não tenho depressão. Só tenho questionado a vida e seus verdadeiros valores. A ansiedade acontece, é claro, mas não aquela que perdura a ponto de me causar insônia. Aliás, minhas noites tem sido meu encontro com o paraíso. Tenho tido sonhos maravilhosos, com situações e mundos inusitados. Muitos sorrisos, gostos, cheiros e cores...
Quando acordo, fico pensando se não existiria uma passagem secreta, um portal para este outro mundo onde eu poderia ir a qualquer momento que desejasse levando também aqueles que eu amo.Ai... Esse blog era para falar da construção da minha casa. A obra está parada, mas outra obra acontece dentro de mim, na minha vida. Que Deus me ajude nestes tempos onde o inverno parece eterno...
*****
Bom, não poderia deixar de dizer que já estamos trabalhando bastante e passamos o final de semana tentando descansar de tanto trabalho. Aí embaixo é a minha companheira Rejane fazendo bonito no muro. A vizinhança vei logo para rua ver as mulheres de rosa mandando ver naquele trabalho que até então só um homem daria conta. Que isso? Nós somos melhores!

olha eu aí gente!

A casa estava descuidada mesmo. No final acabei me esquecendo de tirar umas fotos de como ficou! Mas garanto: está muito lindo agora!

Bom, já estamos orçando outros serviços e a medida que forem se concretizando, vou contando as novidades, tá? Beijocas...

1 comentários:

Nice 24 de março de 2009 15:04  

Etty, você está linda na foto preto & Branca parece coisa cinematográfica ta dramático, explore mais sua boca seus lábios são sensuais, ai... Ai... Ai... ui..ui...ui. Falando sério o blog foi uma salvação pra mim. Porque quando eu estou triste eu escrevo... Às vezes futilidades... que me distraem. Ainda não consegui desnudar a minha alma com a clareza de suas colocações, mais um dia chego lá. Eu ainda me preocupo um pouco com a minha imagem com quem vai ler as minhas opiniões. Eu cai na besteira de passar o endereço para certos conhecidos... Empolgação de iniciante. Quanto ao que você está sentindo eu acho que se chama melancolia e um estado de descontentamento ou desconforto que também não sei explicar. Taos, dança, filosofia, psicólogos, psiquiatras também não resolvem só aliviam a pressão. . . A pressão da vida. . . O medo da não vida. Beijos Nice.

Tecnologia do Blogger.

  © Blogger template 'Personal Blog' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP