Sempre morei em casa. Quintal grande, árvores...E foi assim, que numa manhã de domingo, encontrei um anuncio da venda de lotes aqui na minha região. Eu já tinha olhado vários, mas nenhum me agradou. O corretor se prontificou a me levar no local e então fui, sem acreditar muito. Chegando, desci do carro, senti o vento daquele lugar e o encanto tomou conta de mim.Naquele momento eu soube que era ali que passaríamos o resto de nossas vidas...

quinta-feira, 3 de abril de 2008

Olá!!!

Oi gente!
Ando sumida, eu sei.
É que estou tentando configurar melhor o blog e não está dando certo, mas não tenho como deixar de postar hoje.
Bom, algumas coisas aconteceram: O Léo conseguiu um serviço fixo, por isso não pôde limpar o lote para mim. Mas fiquei muito feliz por ele! Com isso, fui atrás de outra pessoa. Foi então que tive minha primeira surpresa referente a preços. O Léo tinha me passado um valor de no máximo R$150,00 e pasmem: O segundo cara me cobrou R$300,00! Fiquei assustada e pedi um tempo. Fui então olhar um trator. O cara me cobraria R$80,00/hora, eu teria de pagar no mínimo três horas e assim mesmo não quis ir. Disse que tava sem freio... Me indicou então um outro, que me cobrou R$120,00, mas não podia, estava muito ocupado. Acabei neste dia, conhecendo uma benção de Deus, o Sr. Norberto, vizinho, que está limpando tudo com muito capricho, por R$130,00. fiz questão de colocar os preços para vocês verem as diferenças de valores.
Aproveitando o embalo, estou agilizando a questão da ligãção de água da Copasa lá na rua, pois a mesma ainda não tem. Um absurdo! Tudo em volta está urbanizado. Mas acho que agora dá certo, pois marcaram um estudo de viabilidade técnica lá na rua no dia 18 próximo. Isso tudo foi na semana passada...
Hoje, o dia foi atípico. A Nice e eu combinamos de tirar o nível do terreno e fazer umas marcações para conferirmos umas medidas. Foi bom, pois ela detectou umas diferenças que precisam ser acertadas no projeto. Contamos muito com ajuda da Fátima, esposa do Sr. Norberto, que nos emprestou água e martelo. Foi ótimo, pois a Nice ainda não a conhecia.O sol estava de rachar!
Tudo ia muito bem até que o inacreditável aconteceu: Nossos queridos vizinhos tem duas eguas. Lambari , um "mamífero perissodátilo de tamanho médio, focinho e orelhas compridas, utilizado desde tempos pré-históricos como animal de carga" e Girafa, uma bela representante Campolina, sim, "Cassiano Campolina, de uma família com 500 anos de história, foi o criador de uma raça de cavalos a qual, depois de sua morte, recebeu o nome de Campolina e, com a incrementação do plantel, feito pelos novos proprietários de sua criação , obteve reconhecimento e espalhou-se pelo país."
Fiz questão de descrever as " figuras", grandes protagonistas do nosso dia! Pois não é que as mesmas estavam pastando tranquilamente dentro do terreno, um pouco acima, quando percebemos que o portão estava apenas encostado. Tudo lá é cercado com tela e com um portão grande por onde sempre entramos. Eu olhei para a Nice e disse: "- O portão Nice! Tá aberto!" Parece que aquele burro me escutou! Deu uma cabeçada , abriu e fez com que Girafa saísse em disparada. Lambarí saiu atrás. Ficamos atônitas! Começamos a gritar para o pessoal que passava na rua , todos nos ajudando e ninguém conseguiu detê-las. Pareciam duas loucas que nunca tinham visto uma rua! Nós, que já tínhamos jogado tudo para o alto, trena, planta, piquetes, celular,etc, fomos atrás, todas descabeladas com cordas na mão, juntamente com Fátima para capturá-las. Todo mundo na rua indicando a direção !Graças a Deus e a ajuda dos vizinhos conseguimos acha´-las pastando tranquilamente num lote cercado que Sr. Norberto as levava de vez em quando. Dois garotinhos da região também nos ajudaram e ficaram conosco até que pudéssemos colocá-las para dentro novamente! Ufa! Falo para vocês que nunca passei tanto aperto assim na vida. Mas a Nice disse e foi verdade. A burrinha, Lambari, foi a mentora intelectual da fuga. Ela foi quem pos fogo na Girafa e comandou a fuga o tempo todo!
Que bom que tudo ficou bem. Nunca mais deixo aquele portão aberto!
Bem, mesmo assim, atingimos nossos obejtivos e na volta do lote, passamos na casa da minha mãe, para almoçarmos um churrasquinho. Miss Lucy terminou uma etapa de reforma na casa nova e estava comemorando com os pedreiros...Fói ótimo também!
No mais é isso. No domingo ligarei para o pedreiro, Sr. Jõao, pois vamos marcar o dia de começar o muro.
Abraços a todos!


Valeu Nice!!!


1 comentários:

Joel Francischetti 4 de abril de 2008 16:38  

É isso ai.. a vida é assim.... enquanto se trabalha... as vezes temos que correr atrás de umas girafas e lambarís... kkkkkkkkkk

Tecnologia do Blogger.

  © Blogger template 'Personal Blog' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP